15 de junho de 2017

MC MARCELLY É SÓ MAIS UMA NA ESTATÍSTICA

Esses dias, eu vi a repercussão desse assunto, e como eu já tinha esse texto pronto, resolvi compartilha-lo.
Caso você não assista o Reality Show da Record chamado Power Couple, não deve ter noção do assunto que irei abordar aqui. Com isso, irei fazer um breve resumo.
Pra quem não sabe, Power Couple é um Reality Show onde 11 casais passam por provas de habilidade, resistência e de conhecimento sobre eles, tudo isso confinado dentro de uma casa.
Até aí, não passa de mais um programa de tv, onde assistimos e vemos como as pessoas se comportam em convívio.
O que me chamou atenção, e tem chamado de quem assiste o programa, é o casal Mc Marcelly e Frank.
O modo controlador e mandão do marido da Mc tem revoltado todos os telespectadores do programa.
Acompanhando o Reality, parei para refletir sobre isso e esse assunto anda me incomodando bastante. Não só pelo fato dele tratar ela assim, como dela aceitar tudo numa boa e, na maioria das vezes, calada.
Pra quem não está entendendo nada, ou até mesmo, acha um exagero, irei deixar dois vídeos que deixam bem claro o descontrole dele.


Como vocês devem ter visto, ele é totalmente controlador e se acha o dono da razão o tempo inteiro. Controla a alimentação dela, os exercícios que ela tem que fazer, fica bravo quando ele perde a prova e ela aposta alto, ele grita com ela e briga por situações desnecessárias, resumindo, ele é totalmente autoritário.
O que me entristece real nessa história é que mesmo quando ele está errado, a Marcelly não fala absolutamente nada, ela só escuta e fica por isso mesmo, isso quando ele consegue fazer a cabeça dela pra que ela concorde que está errada (o que acontece muita das vezes). O pior de tudo isso é saber que ela não é a única mulher que passa por isso.
Quantos relacionamentos são assim, de formas totalmente abusivas (lembrando que ser autoritário, cobrar demais, gritar e etc, são formas de abuso sobre uma outra pessoa), e muitas delas, se mantém assim por longos anos.
Infelizmente, muitas mulheres passam por isso e nunca sabemos o real motivo delas aceitarem isso: talvez por estarem apaixonadas ou por terem tido isso como exemplo... NÃO SABEMOS.
Esse é um dos milhões de casos que acontecem não só aqui no Brasil, como no mundo. Essa pressão psicológica que ele faz, essa forma de mostrar que ela ta errada e que ele sempre é o dono da razão, NÃO FAZ BEM PRA SAÚDE MENTAL DE NINGUÉM!
O que eu quero trazer com esse texto é que NINGUÉM É DONO DE NINGUÉM! Temos o total direito sobre a nossa vida e o nosso corpo e, homem nenhum tem o direito de mandar mudarmos ou não.
Se você está feliz com o seu corpo, mantenha ele do jeito que está. Se você acha que algo está errado, não deixe que ele fique com a razão, ele também precisa assumir os erros dele.
Somos totalmente independentes e sabemos nos virar sozinhas nesse mundo, com homem ou sem. Não podemos deixar que ninguém aponte o dedo na nossa cara e imponha aquilo que devemos ou não fazer, temos o livre arbítrio justamente pra isso.
Não deixe que o seu relacionamento se torne abusivo, você merece ser feliz e ser valorizada.
Diariamente nós mulheres lutamos pra termos um espaço no mundo, sabemos o quanto isso é complicado e, se deixarmos de ter esse espaço dentro da nossa casa e dentro do nosso casamento, nunca alcançaremos o nosso espaço fora.
NÃO VAMOS DEIXAR QUE ISSO SE TORNE NORMAL NO NOSSO DIA A DIA.
NÃO VAMOS SER MAIS UMA NA ESTATÍSTICA!
Você merece ser valorizada, mas pra conseguir isso, primeiro tem que partir de você!

7 de junho de 2017

Outro dia na rua

Resultado de imagem para menina andando na rua a noite tumblr
Outro dia eu estava na rua, andando tranquilamente, voltando pra casa, olhando as coisas e viajando como sempre. Eu estava com uma roupa normal, uma calça e uma blusa, já que eu estava voltando da minha aula de todos os dias.
Vou andando e, entre uma rua e outra, um cara falou uma simples palavra, não foi um elogio, não foi um linda, bonita, ou algo do tipo. Ele "apenas" me chamou de gostosa, com uma ênfase totalmente intrigante... Aquilo nunca tinha acontecido comigo.
Não satisfeito (e acho que, por eu ter olhado pra trás na inocência), ele disse "ô lá em casa" e eu pensei: na casa dele o que?
Eu não consigo compreender a necessidade de um ser humano falar coisas desse tipo. Será que esses homens sabem que isso ta longe de ser um elogio?
Fico imaginando se esses caras são casados ou tem filha, pois, com certeza eles achariam um absurdo que fizessem isso com elas.
Ah, e não é só mulher com roupa curta que passa por isso não, você pode estar de short ou até burca que isso não mudará nada.
Cadê o respeito? Cadê o valor que a mulher precisa receber? Só as mulheres sabem o quanto é difícil sair de casa todos os dias com medo de ser assediada por um cara desses.
E o homem que me chamou de gostosa outro dia? Espero que ninguém da família dele passe por isso algum dia, muito menos sua filha, que é amiga minha.

arrows0d7e3.png arrow9ae45.png construction3263b.png
© Blog Meu Universo | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design | Tecnologia do Blogger.